O Mercado de Moda no Brasil

  • POR: Expertise RP
  • 02 / 02 / 2018
  • Entrevistas

Um panorama sobre o Mercado de Moda no Brasil

Com um crescimento estimado de 8,8% sobre 2016 (LEMI Inteligência de Mercado) o mercado de moda no Brasil vem apresentando bons resultados e projeções positivas. Mas com um consumidor que vem mudando seus hábitos de compras, novas gerações surgindo com novos conceitos, a área vem apresentando necessidades de adaptação e reavaliação, tanto no quesito produto, quanto em posicionamento estratégico de branding.

A Visão da Área Comercial para a Atividade de Moda

Em meio a isso, os profissionais que atuam na área possuem um papel fundamental para contribuir com a evolução e construção destas novas formas de atuação da atividade de moda. Neste artigo em especial, vamos nos aprofundar sobre a atuação do gestor comercial. Uma profissão que contribui diretamente para os resultados do mercado de moda, pois além de envolver e sugerir soluções de negociações para os clientes, ter entendimento de vendas consultivas, participar de projetos das empresas, ter experiência no desenvolvimento de times de vendas, explorar as oportunidades de mercado e maximizar o seu aproveitamento para garantir bons resultados, o gerente da atual economia exige o perfil criativo e inovador sempre, para não se tornar obsoleto.

Nesse sentido, a Expertise convidou o gerente comercial da marca Agathos, uma marca de moda masculina de Santa Cataria que vem investindo pesado em posicionamento no mercado de moda.

Marcelo possui mais 30 anos de vivência no mercado de moda, e será ele que irá assumir e compartilhar muitas informações desse novo momento de transformação e inovação que o mercado apresenta. Confira: 

  • Sabemos que a trajetória profissional trouxe uma imensa experiência sobre gestão, metas, planejamentos, objetivos e sonhos, onde construiu uma carreira de sucesso passando por várias etapas de desenvolvimento profissional. Em que momento da sua trajetória você percebeu o momento exato de mudança. De inovar?

Marcelo – Em retrospectiva acredito que desde de sempre, na medida que minha presença em campo junto aos meus comandados, na visita a rede de clientes ativos bem como prospectados, sempre me propiciou uma percepção mais direta dos movimentos mercadológicos, em especial através de follow-up e feedback junto aos Lojistas. Penso que o mercado está sempre no “ gerúndio “, ou seja, sempre em movimento, cabe a nós profissionais de Mercado funcionar como uma antena parabólica, absorvendo o que está por vir e nutrindo as áreas de desenvolvimento de produto com informações pertinentes à uma maior assertividade das Coleções e trajetória conceitual da Marca. Penso que a figura tradicional do Gerente Comercial, terá que ser substituída pelo Gerente de Mercado, profissional que deve gravitar, entre a formação e direcionamento das equipes de vendas, a gestão comercial e a materialização do conceito da Marca para o mercado em geral.

  • Os desafios de operar num mercado em constante mudança e num ambiente macroeconômico imprevisível levou os investidores da moda a reavaliarem e realinharem as suas estratégias, você acredita que essas mudanças estão relacionadas ao grande número de indústrias têxteis, ou se deve o momento econômico do pais?

Marcelo -Penso que a grande mudança que está em curso refere-se a mudança nos paradigmas de consumo de moda dos brasileiros, mudança está capitaneada pelo redirecionamento estratégico das Grandes Redes de Varejo, em especial os Grande Magazines, que hoje oferecem um produto com conceito de moda, preço de magazine e atmosfera de boutique. Esse meu sentimento é corroborado pela informação de que o PDV da Riachuelo que mais vende por metro quadrado é o da Rua Oscar Freire, comercio tradicional de São Paulo, o quinto de maior importância do Mundo é que tem um perfil de consumo de alto padrão, sintomático, não …

  • O segmento de Moda e Acessórios cresceu no e – commerce 13% no natal de 2017 em comparação o mesmo período registrado no ano passado, segundo a consultoria E-Bit, deixando para trás o receio de fazer compras pela internet. Em um futuro próximo, será possível criar roupas em aproximadamente 25 minutos com a chegada da indústria 4.0, Como você avalia essa integração entre os espaços virtual e físico de varejo?

Marcelo – Irreversível, penso inclusive que as tradicionais Lojas físicas em especial nas Grandes Cidades, darão lugar a Lojas que atuaram como um showroom, apresentado fisicamente apenas um exemplar de cada produto que estará sendo comercializado em seus respectivos e-commerce, assim como serviram para materializar o conceito e atmosfera da Marca! 

  • Sobre a Plataforma online, será importante via para a comercialização e marketing entre empresa e cliente, que aliás esta dentre as principais tendências de moda em 2018, Como você avalia esse segmento?

Marcelo – Impressionante como estas plataformas estão sendo exploradas de maneira rasa pelas Marcas, vejo aqui uma oportunidade única de não apenas divulgar seus produtos, más sobretudo andar lado a lado com seu consumidor, entendendo seus anseios, desejos, emoções e materializando-os em produto, conceito, postura empresarial. 

  • Falando em tendências de Moda para 2018, ainda convivemos com a incerteza econômica e a imprevisibilidade, ou seja, adaptação é a palavra-chave, Marcelo fale para nossos leitores sobre o cenário de 2018, quais os principais desafios para o mercado de Moda no Brasil?

Marcelo – Desenvolver produtos com identidade, personalidade, procurando conquistar muito mais do que a mente de seus consumidores, más sobretudo seus corações!!!

Através da visão do Marcelo pode-se perceber que, as marcas precisam encontrar novas formas de impactar seus consumidores, estas que vão além de produtos, mas será que as marcas que atuam no mercado de moda estão atentas a todas estas movimentações?! Cabe a reflexão…

Gostou da entrevista com o gerente comercial Marcelo e suas percepções?! Queremos saber sua opinião deixe abaixo nos comentários. :).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *